Apple Card o Cartão de Crédito para iPhone

“A Apple está entrando no negócio de cartão de crédito com o “Apple Card“, uma nova maneira de fazer pagamentos se você possui um iPhone. É um cartão de crédito diretamente da Apple que está hospedado no aplicativo Wallet.”

O Cartão não inclui tarifas, as taxas de juros são mais baixas e possui recompensas em dinheiro, além de ser um serviço privado, seguro e confiável.

O anúncio do novo produto de crédito de gigante foi feito no evento da empresa em Cupertino, Califórnia, onde estreou outros serviços como a “Apple TV Plus”, “Apple Arcade” e “Apple News Plus”.

A Apple disse que a aceitação no varejo do Apple Pay que permite pagamentos sem contato com o seu iPhone, está quase em 70% nos EUA, e em países como a Austrália, está em 99%. A Apple Pay estará em mais de 40 países até o final do ano e isso é importante, já que o principal ponto de venda da Apple Card é que ele pode ser usada onde quer que a Apple Pay esteja disponível.

Aqui está tudo o que sabemos sobre o cartão da Apple.

Quando o Cartão Apple estará disponível?

Existe algum debate sobre quando será a data de lançamento do cartão da Apple (link). Originalmente, pensava-se que o cartão de crédito iria ser lançado junto com o iOS 12.4, mas o iOS 12.4 está fora da rota, e não há sinal do cartão da Apple por causa disto.

Agora, surgiu uma notícia que cita uma fonte familiarizada com o projeto dizendo que o cartão Apple será lançado na primeira quinzena de agosto – essencialmente, o que significa que pode ser lançado em breve.

No lançamento, a Apple disse que o seu Apple Card seria lançado no verão dos EUA, por isso, mesmo que não seja lançado nas próximas semanas, deve ser lançado no próximo mês, ???, bom vai ser lançado, esperem!

O que é o Cartão Apple ou Apple Card?

O que é o Cartão Apple ou Apple Card?

O Apple Card é um novo cartão de crédito que você acessa diretamente no seu iPhone. O Goldman Sachs é o banco emissor, a Apple também está com parceria com a Mastercard para apoiar a rede de pagamento globalmente junto ao Apple Card.

Você não precisa esperar por um cartão físico para usá-lo, ou seja, assim que você se inscrever e for aprovado, você pode usar o cartão em poucos minutos. Você pode usá-lo sempre que o Apple Pay for aceito em uma loja, comércio ou e-commerce.

Se o Apple Pay não é aceito em algum comércio ou loja, é aí que entra o cartão físico da Apple.

O Card da Apple segue o padrão de stylo e design da empresa, é um cartão de titânio com o nome do cliente gravado a laser.

É um pouco mais seguro do que os cartões de crédito tradicionais, já que não há números do cartão impresso nele, código de segurança CVV, data de validade e nenhuma assinatura no próprio cartão (você pode encontrar isso no aplicativo Wallet).

As consultas e informações de crédito do Cartão da Apple está no aplicativo Wallet, onde você pode ver quanto tem de limite no cartão, quando está devendo e o extrato do que comprou. Se precisar de ajuda com algo, você pode bater papo com o atendimento ao cliente do cartão da Apple diretamente pelo aplicativo Mensagens.

O fato interessante do Apple Card é que ele usa o aprendizado de máquina (AI), o Apple Maps para alterar os nomes das transações no extrato do cartão de crédito para aqueles que você pode reconhecer, portanto, não são apenas nomes comerciais arbitrários que não significam nada para você.

Ele também categorizará seus gastos, detalhando onde você gastou dinheiro e classificando-o em categorias como comida e bebida.

Essas categorias são codificadas por cores e essas compras são divididas por relatórios semanais e mensais, dando a você uma visão geral dos seus hábitos de consumo, mas isso, cartão mais sofisticados e até básicos já fazem.

Leia também:

Quais são as recompensas do Cartão da Apple?

Quando você ouve falar de um cartão de crédito, normalmente você já espera algum tipo de sistema de recompensa incluindo nele, ou quanto dinheiro de volta ele vai devolver ou ainda como funciona o sistema de pontos para smiles.

A Apple está simplificando tudo isso com um recurso chamado “Daily Cash – Dinheiro Diário”. É dinheiro real que é adicionado ao Cartão Apple Cash que você pode gastar nas lojas, usar para pagar o saldo devedor da fatura, usar em compras na web ou até mesmo enviar dinheiro de presente para seus amigos.

Toda vez que você pagar com o cartão Apple no seu iPhone ou Apple Watch, receberá 2% do valor da compra de volta.

Isso é ilimitado, então todas as compras que você faz em um dia contam para o Daily Cash. Todas as compras que você fizer diretamente com na Apple darão a você 3% do Daily Cash – ex: como comprar um iPhone ou pagar sua conta de armazenamento do iCloud – e se você usar o cartão físico, receberá 1%.

Qual a taxa de juros e limite do crédito do Apple Card?

A Apple informou que o seu cartão de crédito terá uma taxa de juros variando entre 13,24% a 24,24%, com base na qualificação creditícia do cliente, nada diferente do que temos no mercado.

Contudo, a empresa disse:

  • Que não há multas por atraso.
  • O cartão é sem taxa de anuidade.
  • Não cobra taxas de uso internacional.
  • Sem cobrança por excesso de limite e honorários.

Também não há mora de juros como penalidade se você perder um pagamento, mas “pagamentos atrasados ​​ou perdidos resultarão em juros adicionais acumulados” em relação ao seu saldo na fatura.

A Apple disse que o aplicativo Wallet irá ajudar com maneiras de economizar em juros também. Existem ferramentas disponíveis para ver quanto de juros você pagará ao longo do tempo e se pagamentos mais frequentes para saldar seu saldo ajudará em economia de dinheiro.

Você precisará ser aprovado para o cartão Apple como qualquer outro cartão de crédito, também terá um limite de crédito imposto segundo as próprias regras da empresa. Esse limite será baseado em seu histórico e atual posição de crédito.

Cartão Apple sem Anuidade ou Taxas

A Apple alega que a Cartão Apple não cobrará taxas, é sem anuidade e muitos outros benefícios.

Se a Apple e a Goldman vão seguir com esses benefícios em frente, o Apple Card será praticamente único, já que até mesmo cartões de taxas baixas cobram taxas por ocorrências menos comuns, como pagamentos atrasados ou estornados.

No entanto, até vermos os termos e contrato do cartão real, que ainda não foi lançado publicamente, não saberemos com certeza se ou como a Apple Card qualificará sua promessa de nenhuma taxa.

O cartão Apple é seguro e confiável?

Não seria bom para a Apple não fazer uma nota sobre privacidade e segurança do seu próprio cartão.

A empresa disse que seu, o cartão Apple, tem um número único que é armazenado no dispositivo. Cada pagamento usa um código dinâmico único que ajuda a manter o cartão protegido e cada pagamento é autenticado por ID de contato e ID facial.

A Apple disse que também não sabe o que você comprou, onde você comprou e quando comprou – Será!

O Goldman Sachs, o banco emissor, também nunca compartilhará ou venderá seus dados a terceiros para marketing ou publicidade, de acordo com a Apple.

— É provável que Apple Card será lançado nas duas primeiras semanas de agosto, agora só resta saber de os brasileiros portadores de iPhone poderão ter acesso ao cartão ou será somente para somente para o país de origem da empresa?

Como obter seu primeiro cartão de crédito

Como obter seu primeiro cartão de crédito
Muitas empresas oferecem ofertas para pedir o primeiro cartão de crédito, são muitas variadas e modalidades, desde cartões pré-pagos, cartões de crédito com restrição aos cartões sem consulta do CPF…

“Conseguir o primeiro cartão de crédito! Se você acabou de se formar no ensino médio, está entrando na faculdade ou está em algum outro momento da idade jovem adulta, é provável que já tenha considerado obter um cartão de crédito.”

Para jovens e porque não dizer, para adultos, pode ser uma ótima ferramenta na construção de crédito , mas também representa uma grande responsabilidade financeira manejar dinheiro que você não tem, que é o caso do cartão.

Como você pode se qualificar para o seu primeiro cartão de crédito?

Na verdade, existem algumas maneiras de conseguir um primeiro cartão de crédito, até mesmo para quem tem restrição no SPC e Serasa e está com o nome sujo. Afinal, todo mundo tem que começar de algum lugar, certo?

Continue lendo para descobrir tudo o que você precisa saber sobre a aprovação do seu primeiro cartão de crédito – além de algumas dicas sobre como usá-lo com responsabilidade para transformá-lo em um excelente ferramenta financeira.

Como faço para ter meu primeiro cartão de crédito

Se você nunca teve um cartão para crédito ou um pegou um empréstimo pessoal em seu nome, provavelmente não tem nenhum histórico junto aos credores e instituições bancárias e de crédito.

É fato que realmente pode levar alguns anos para criar um bom histórico de crédito que seja realmente robusto para obter uma pontuação (score de crédito) mais alta e se beneficiar de juros e melhores condições.

Como um cartão de crédito pode ajudar você a atingir objetivos?

Ter um histórico de pagamento (Cadastro Positivo) é um dos fatores mais fortes na determinação da sua pontuação de crédito, comece por se cadastrar – é gratuito.

Ter um bom score e nome limpo na praça, além do histórico ajuda você a se qualificar para as melhores taxas de juros de juros e prazos mais flexíveis.

Quando precisar de outro tipo de crédito pessoal ou financiamento, ex: um empréstimo bancário, um refinanciamento de carro, um novo empréstimo pré-aprovado (empréstimo automático), ou até mesmo uma hipoteca – o score vai ajudar muito.

Depois de começar a pagar sua fatura do cartão de crédito no vencimento a cada mês, você começará a receber entradas positivas em seu relatório de crédito. Com o tempo, isso vai se somando e aumentando seu score.

Agora é importante observar que, contanto que você pague seu saldo mínimo devido a cada mês até a data de vencimento, ele conta como um pagamento no prazo.

Mas aqui está o truque que não pode esquecer jamais.

No cartão de crédito, ou paga o saldo inteiro ou deixa uma parte em débito, e qualquer valor que você não paga no vencimento começa automaticamente acumular juros. Assim, no mês seguinte, seu saldo será maior, mesmo que você não faça novas compras ou despesas no seu cartão de crédito.

Usando seu cartão de crédito com responsabilidade

Como a dívida acumulada do seu cartão de crédito pode disparar rapidamente se você continuar usando seu cartão sem pagar tudo, é importante não usá-lo se você não pode pagar a fatura integralmente. Ou, é bom ter uma reserva financeira para uma emergência.

Antes de sair gastando no cartão de crédito, verifique se você tem renda ou saldo em dinheiro suficiente para pagar a fatura que vai chegar no futuro com as cobranças.

Se você está apenas querendo pedir o seu primeiro cartão de crédito como forma de construir o seu crédito, então tudo que você tem a fazer é usá-lo para pagar uma conta ou duas por mês.

Você pode definir sua fatura de cartão de crédito para ser paga automaticamente por meio de sua conta corrente ou criar um lembrete mensal. Dessa forma, você pode aproveitar os pagamentos no prazo ou parcelados.

Lembre-se, até mesmo um pagamento atrasado pode causar uma grande queda na sua pontuação de crédito.

Crie um plano que permita que seu cartão de crédito funcione para você e não contra você.

primeiro cartão de crédito

Como você contrata um cartão de crédito pela primeira vez?

Normalmente, há duas maneiras de obter aprovação para seu primeiro cartão de crédito, especialmente se você tiver menos de 21 anos de idade. Veja se algum desses dois métodos é uma possibilidade que se encaixa ao seu momento de forma mais fácil.

1. Ter um renda comprovada e verificável

Um dos maiores fatores que as empresas de cartão de crédito procuram é a renda comprovada porque mostra que você tem os meios financeiros para pagar seu saldo mínimo a cada mês.

Infelizmente, o salário de seus pais não conta, então se você não tem uma renda que seja recebida a cada mês, isso não ajuda você a conseguir um cartão.

Basicamente, você precisa ter algum tipo de trabalho, seja a tempo parcial ou a tempo integral. Você também pode apresentar seu Imposto de Renda ou extratos bancários. Alguns recebimentos podem ser considerado renda.

Quando se trata de relatar renda comprovada ou verificável, você precisa de algum tipo de documentação, seja declarações fiscais ou recibos de pagamento em seu nome. Você pode não ser solicitado a fornecê-las, mas você precisará delas na mão, caso elas sejam realmente solicitadas pelas empresas ou administradoras de cartões.

2. Ter um fiador ou avalista

Se você não tem uma fonte de renda declarada ou simplesmente quer ter uma linha de crédito um pouco maior, considere usar um fiador ou avalista, calma, não tem nenhum rolo nesse negócio, é simplesmente um titular para o seu pedido de cartão de crédito.

Esse titular pode ser um membro da família (pai, mãe, irmão etc.,) ou até mesmo um amigo próximo que tenha um histórico de crédito estabelecido e esteja disposto a dar um cartão de crédito adicional com você.

Contudo, não podemos deixar de escrever algumas palavras de advertência para você antes e pedir para seus pais ou irmãos mais velhos para que eles sejam seus fiadores dando-lhes um cartão de crédito adicional. Saiba que qualquer atividade irregular no cartão vai afetar o CPF e o nome de quem responde financeiramente e civilmente pelo seu cartão.

Se você ficar devendo dinheiro no cartão, a dívida será listada nos relatórios de devedores do SPC, Serasa e Boa Vista, assim como os pagamentos atrasados..

Qual é o cartão de crédito mais fácil de obter primeiro?

Muitas empresas de cartões de crédito têm lançado cartões das mais variadas modalidades, desde cartões pré-pagos, aos cartões de crédito para negativado ou restrição aos cartões sem consulta do CPF. Enfim, o que não falta são tipos de cartões para escolher.

Só não se esqueça de comparar quais as suas melhores opções, porque existem muitas ofertas especiais de cartões que frequentemente possuem taxas ocultas e tarifas muito altas, além das taxas de juros ou taxas de anuidades.

Uma dica prática é verificar com seu banco caso você já tem uma conta bancária comum, conta corrente digital ou conta poupança.

Às vezes, o relacionamento existente entre você e a instituição pode facilitar a obtenção do seu primeiro cartão com um aprovação sem burocracia. Aqui estão algumas outras opções a considerar ao procurar seu primeiro cartão de crédito.

Peça seu primeiro cartão de crédito de loja

Atualmente qualquer grande cadeia de lojas oferece diversos tipos de cartões de crédito, seja uma loja de departamento ou lojas de varejo especializadas ex: Casas Bahia, Riachuelo, C&A, Lojas Marisa etc., eles geralmente são mais fáceis de obter aprovação porque começam com limites de crédito mais baixos.

Normalmente, você pode até fazer a solicitação diretamente no caixa da loja ou no setor de cartões que praticamente todas elas possuem. Mas, assim como qualquer produto ou serviço financeiro, cartões de lojas de varejo vêm com algumas limitações.

Só não se esqueça no entanto, que se você não usar seu cartão de varejo como seu passe para fazer compras ou para acessar algum tipo de bônus de recompensa, se tiver anuidade, você precisará pagar o saldo a cada mês, caso contrário, você provavelmente estará pagando juros pelos atrasos, ainda que sejam valores pequenos.

Conclusão

Quando você começar a solicitar cartões de crédito, e ser negado. É provável que isso aconteça se você não tiver nenhum histórico de crédito. Mas seja estratégico com suas solicitações. Comece pedindo cartões de porte menor como os cartões da Nubank, Next, Cartão Inter, Cartão Original entre outros.

Faça sua própria pesquisa para encontrar o melhor tipo de cartão para o atual perfil de cliente.

Usando essas poucas dicas, você pode começar a construir seu histórico financeiro com seu primeiro cartão de crédito.

Mas, vá em frente e use-o com responsabilidade!

Como escolher o melhor cartão pré-pago

Escolha o melhor cartão pré-pago
Como encontrar o melhor cartão pré-pago de acordo com o ripo de uso, modalidade com condições e vantagens mais satisfatórias existentes no Brasil? Descubra lendo o artigo…

“Os cartões pré-pagos são uma outra maneira de levar dinheiro na carteira. Você o adquire, recebe o plástico em casa, carrega cartões pré-pagos com dinheiro e vai as compras pela primeira vez.”

Assim como qualquer cartão é aceito em milhares de lojas varejistas, lojas online e consegue sacar parte do dinheiro em um caixa eletrônico conforme necessário.

Os cartões pré-pagos por sua vez também carregam as marcas como MasterCard ou Visa, e são aceites da mesma forma e praticidade dos cartões de crédito e débito em lojas, bares e restaurantes e onde quer que estas redes internacionais de cartões sejam aceites, tanto no Brasil como em países no exterior.

Mas a grande maioria não tem qualquer facilidade para liberar saque em dinheiro como empréstimo pessoal, então você não pode se endividar com eles. Em vez disso, quando você gasta o dinheiro carregado neles e acaba, você tem que carregá-los novamente como se fosse um telefone móvel.

Leia também:
Como obter o seu primeiro cartão de crédito facilmente
Como abrir empresa ou negócio usando cartão de crédito
Quais as vantagens dos cartões que nem sabemos que existe

Então, como você escolhe o melhor cartão pré-pago?

Qual é o melhor cartão pré-pago?

Para descobrir qual o melhor cartão pré-pago é melhor para você, é necessário pensar em como você pretende utilizá-lo.

  1. É apenas para fazer compras pela internet?
  2. Você quer um para não gastar muito dinheiro com compras?
  3. Você gosta deles porque acha que eles são mais seguros do que carregar dinheiro vivo?
  4. Você quer dar para alguém ao para seu filho adolescente para que ele não perca o dinheiro ou gaste demais?

Depois de considerar como você usará seu cartão de crédito pré-pago, é necessário comparar as dezenas de cartões diferentes oferecidos no mercado. Valem mencionar que já existem alguns cartões pré-pagos que oferecem reembolso em seus gastos, enquanto outros não cobram taxa para emitir o cartão e por aí vai.

Existem três diferenças principais com cartões pré-pagos: a moeda que você carrega no cartão, como você aumenta e as taxas que cobra.

Cartões TravelMoney pré-pago

Para os gastos diários, principalmente no Brasil, você precisa adquirir um que você pode carregar com reais, mas em outros casos, você precisa de um cartão pré-pago que carregue com outros tipos de moedas estrangeiras.

Como um cartão pré-pago travelmoney você também pode usá-lo no exterior, como se estivesse usando um cartão de débito ou crédito. Em algumas modalidades, a empresa de cartão pré-pago converterá seus gastos da moeda local de volta em reais usando um dos sistemas de cartão global – MasterCard ou Visa.

Os cartões pré-pagos que podem ser usados ​​no exterior são geralmente chamados de cartões de viagem “viajante”, “global” ou “em qualquer lugar”. A taxa de câmbio que você receberá e as taxas cobradas por esse serviço variam de um banco ou provedor para outro.

A empresa de cartão pré-pago converterá seus gastos da moeda local de volta em libras usando um dos sistemas de cartão global – MasterCard ou Visa.

A vantagem de ter o melhor cartão pré-pago de viagem é que você atualiza a taxa de câmbio no momento em que você carrega a moeda no seu cartão para que você possa calcular exatamente o quanto suas compras estão custando.

Existem vários marcas de cartões mostram que suas taxas de câmbio são melhores do que as dos bancos e casas de câmbio, mas é conveniente comparar para constatar se isso é verdade ou marketing.

Esses tipos de cartões também são mais seguros que andar com dinheiro, eles possuem um chip e um PIN, portanto, não devem ser usados ​​por ninguém se o cartão for perdido, extraviado ou roubado.

E quando você entrar em contato com o seu provedor ou administradora do cartão pré-pago, você pode bloqueá-lo para que não haja risco de ficar sem o seu dinheiro.

Se a segurança é a sua principal preocupação, procure empresas que são rápidas na substituição do seu cartão – no cartão reserva virá com os fundos não gastos incluídos nele – ou em alguns casos, o emissor envie-lhe dinheiro de emergência para ajudá-lo até que você volte para casa.

Cartões de crédito de recargas pré-pagos

Existe uma grande variedade de maneiras de recarregar cartões pré-pagos com mais dinheiro. Você pode fazer isso diretamente nas lojas, por transferência e pagamento com boleto.

São muitas alternativas, inclusive pode fazer por telefone, aplicativo na Internet, por texto SMS ou utilizando a conta do banco do seu cartão de débito ou limite de crédito para transferir fundos.

Nem todos os melhores cartões pré-pagos possuem todos esses métodos disponíveis para recarregar dinheiro neles, é especialmente importante verificar como o seu “cartão de viagem” ou “cartão travel money” pode ser recarregado.

Usar a internet ou aplicativo para fazer uma transferência de sua conta bancária para o cartão provavelmente será o meio mais barato, rápido e fácil.

Vale mencionar que muitas vezes há um valor mínimo que você precisa carregar no cartão quando o recebe pela primeira vez. Normalmente não é um valor enorme para carregados com reais dólares ou euros, mas os cartões pré-pagos podem ter valores mínimos bastante altos.

Quanto as novas leis trazidas a dois anos atrás, qualquer dinheiro não utilizado no seu cartão pré-pago deve ser pago de volta para você quando você solicitar o reembolso, embora a empresa e emissor do cartão possa cobrar uma taxa para fazer essa transação.

Custos e despesas dos melhores cartões pré-pagos

Existem várias taxas associadas a cartões pré-pagos para:

  • Solicitação do primeiro cartão
  • Cobranças mensais de manutenção do cartão
  • Cobranças de saques em dinheiro caixas eletrônicos e banco 24horas
  • Custos extras na conversão para moeda estrangeira.

É importante pensar como você quer usar o seu cartão pré-pago para ele não se tornar uma opção muita cara.

Por exemplo, se você planeja usar seu cartão pré-pago principalmente para sacar dinheiro do caixa eletrônico, é necessário verificar as taxas cobradas pelo uso de um ATM ou caixa eletrônico.

A maioria deles nem todos, surpreendentemente alguns dos cartões de viagem, como permitem que você faça retiradas gratuitas no exterior.

Outros têm uma taxa fixa que varia de acordo com o emissor do cartão, mas pode cobrar de R$ 2,99 a R$ 9,90 cada vez que você usa um caixa eletrônico, fazendo várias pequenas retiradas essa brincadeira vai fica cara.

Embora muitos cartões são oferecidos gratuitamente quando você os solicita e os recebe, outros cobram supostas taxas de envio ou emissão. Fique sempre atento se vai haver outros tipos de encargos ocultos e embutidos nas operações.

Criar negócio ou abrir empresa usando cartão

Criar negócio ou abrir empresa usando cartão de crédito?
Abrir empresa usando cartão? Existem muitas rotas convencionais e alternativas para financiar seu negócio, mas quase todas elas trazem importantes vantagens e desvantagens…

“Um dos maiores obstáculos para criar um negócio, iniciar ou abrir uma empresa está em gerar o capital inicial suficiente para fazer todos os investimentos necessários para começar a funcionar e também preparar terreno para esperar o crescimento.” 

Mesmo se você tenha uma idéia fantástica, com um roteiro bem feito para acertar na receita do crescimento, se você não tiver dinheiro para dar esse impulso, bau bau!

Abrir empresa ou negócio usando cartão de crédito?

Sem dinheiro próprio ou emprestado, sem financiamento comercial, sem empréstimos alternativos para negócios, talvez você nunca traga seu negócio à vida. Então, as perguntas reais que tivemos de vários leitores aqui no Grana Smart é: “É possível criar um negócio usando cartão de crédito?”

Existem muitas rotas convencionais e alternativas para financiar seu negócio, mas quase todas elas trazem importantes desvantagens:

Empréstimo comercial. Ter que pedir um empréstimo para pequenas empresas ou empréstimo pessoal para iniciar um negócio é um dos métodos mais comuns entre empreendedores, devido à sua disponibilidade e simplicidade para ser solicitado.

No entanto, estar preso em uma taxa de juros alta pode ser estressante, e nem todos têm o potencial de ser aprovado por um credor privado.

Investimento Anjo. O investimento anjo confia em encontrar um investidor rico ou muito rico que esteja disposto em possuir uma participação da sua empresa em troca de dinheiro.

Um Investidor Anjo geralmente é suficientemente apto em dar-lhe o dinheiro necessário para começar as coisas, por outro lado, você perderá uma parte da sua participação na sua empresa, ou seja, terá um sócio – portanto, perderá parte do seu poder de decisão.

Capital de risco (Venture Capital). Os investidores de risco ou capitalistas de risco funcionam da forma semelhante aos anjos. Você consegue obter uma injeção de dinheiro maciça, mas perde parte do controle da empresa ou organização comercial.

Além disso, você precisará percorrer todos os caminhos para lançar seu negócio, estabilizar e esperar ser um dos candidatos escolhidos em uma seleção.

Crowdfunding. Essa é mais uma modalidade de financiamento para empresas. É uma opção que não requer a perda de sua autonomia, no entanto, a busca por financiamento crowdfunding está longe de ser uma garantia de sucesso, e você ainda precisará de alguma forma para compensar parcialmente seus investidores e patrocinadores.

Então, e se você puder assumir todos os custos de negócios com dinheiro próprio e através do seu meios particulares ou até mesmo com amigos e familiares – perfeito, senão, use os cartões de crédito para cobrir a diferença entre suas próprias economias e as despesas reais de começar.

Os custos de iniciar ou criar um negócio próprio

Vamos começar examinando os custos de iniciar uma pequena empresa. O custo médio de uma inicialização é de R$ 50 a R$100 mil reais, mas esse valor varia de forma descontrolada, com base em muitos dos seguintes custos:

  • Você vai precisar de algum lugar para alojar a loja, seja um local de varejo formal ou um prédio de escritórios para acomodar seus produtos e funcionários seus. É preciso contar também com várias centenas ou milhares de reais com o aluguel (a menos que você inicie uma empresa em sua própria casa).
  • Variando de um laptop pessoal para equipamentos de fabricação completos, os custos para iniciar um negócio variam enormemente.
  • Abertura da empresas, licenciamento e taxas. O licenciamento, abertura, impostos e Contador geralmente custam muitos reais, mas podem custar mais para certas tipos de segmentos.
  • Trabalhar sozinho pode ser barato, mas se você tiver alguém na folha de pagamento, você precisará considerar esses custos.
  • Marketing e publicidade. Embora alguns mecanismos para utilizar técnicas com os melhores meios para marketing sejam gratuitos, você ainda deve ter um orçamento dedicado para marketing e publicidade local ou nacional. Comece com pouco dinheiro e vai aumentando conforme o interesse crescer.
  • Iniciando estoque e matéria prima. Se você estiver vendendo produtos físicos, você deve ter algum estoque para começar. Estabelecer a quantidade de produtos certamente vai demandar muitos reais, senão, centenas a vários milhares de dólares.
  • Não se esqueça dos primeiros meses de custos com serviços públicos, incluindo água, eletricidade e até Internet.
  • É quase impossível iniciar um negócio sem pelo menos algumas horas de consultoria com contadores, advogados e outros profissionais para ajustar o seu negócio as leis e normas.
  • Hipoteticamente, você deve ser capaz de reduzir esses custos coletivos o suficiente para caber diretamente nos limites do seu cartão de crédito, assumindo pelo menos alguns milhares de reais por cartão de crédito apesar de ser arriscado.

Tipos de cartões de crédito disponíveis no Brasil

Também precisamos considerar os tipos de cartões de crédito disponíveis.

Existem diferentes cartões de crédito baseados em alguns fatores:

  • Tipos de Emissores.
  • Sua pontuação de crédito no Serasa e SPC.
  • Se você está solicitando-os em seu próprio nome ou em nome de uma empresa.
  • O tipo de recompensas e benefícios que eles oferecem.
  • Suas características e limites liberados.

A sua escolha do cartão de crédito pode fazer uma grande diferença em termos de quanto será o seu limite, quais tipos de coisas você pode pagar, comprar e quais prazos você será responsável para reembolsar.

Antes de se aventurar, você deve fazer uma revisão completa dos melhores cartões de crédito disponíveis e decidir quais são os melhores para você usar com a sua empresa.

iniciar um negócio ou empresa usando cartões de crédito

As vantagens de iniciar um negócio usando cartões de crédito

Então, quais são as vantagens de seguir um modelo usando um cartão de crédito para iniciar um empresa ou negócio?

  • Velocidade e simplicidade. Uma das maiores vantagens dos cartões de crédito é a rapidez com que funcionam, do início ao fim. Se a sua pontuação de crédito estiver relativamente acima da média, ou seja, boa, você pode obter aprovação em cartões de crédito imediatamente ou no prazo de alguns dias a algumas semanas. Você terá pelo menos alguns milhares de reais livres para poder gastar ao usá-los para começar a construir seu próprio negócio. As transações geralmente não precisam passar por um processo de verificação e aprovação. Você terá o que precisa quase que imediatamente e poderá parcelar as despesas com achar conveniente.
  • Os cartões de crédito também são extremamente flexíveis, capazes de serem usados ​​para quase qualquer compra que você possa imaginar. Todas as suas compras são mantidas em um único registro, para que você possa manter as finanças da sua empresa organizadas e, se você precisar mudar as coisas (trocando para um cartão com uma taxa de juros mais baixa ou com um limite maior), você pode. Existem dezenas de diferentes fornecedores de cartões de crédito e opções de cartões praticamente ilimitadas. Portanto, não deve demorar muito para encontrar um cartão perfeito para sua empresa.
  • Falando de ajustes perfeitos, os cartões de crédito são altamente alcançáveis. Além disso, o processo para encontrar um investidor anjo ou um capitalista de risco que esteja interessado em seu projeto pode ser longo e complexo. Obter um empréstimo para empresa também tem obstáculos significativos que nem todos podem superar. Com os cartões de crédito, mesmo as pessoas tenham restrições ou baixa pontuação, podem ser aprovadas nos cartões de crédito sem consulta com relativa facilidade, assumindo claro que você está disposto a fazer alguns sacrifícios (como ter uma taxa de juros mais elevada).
  • Os cartões de crédito também oferecem maior autonomia. Poucos cartões de crédito têm limites específicos sobre o que você pode comprar, em vez disso, eles têm limites gerais para o valor em reais que você pode adquirir. Ao usar um cartão de crédito, você não precisa passar por qualquer tipo de analise de crédito. Isso significa que você tem o controle em todos os momentos.

As desvantagens de abrir empresa e iniciar negócio usando cartões de crédito

Claro, existem algumas desvantagens a considerar também ao usar um cartão para abrir um empresa:

  • Responsabilidade pessoal. Você normalmente não pode obter um cartão de crédito comercial se sua empresa não for estabelecida. Pode ser mais fácil usar cartões de crédito pessoais ou tocar seu crédito pessoal para obter uma linha de crédito. Isso significa que se a sua empresa não tiver sucesso, ou se você não estiver gerando receita suficiente, você pode ser responsabilizado pessoalmente por tudo que você comprou e ficou devendo. Se você não tem um fundo de emergência, isso pode devastar sua vida financeira.
  • Taxa de juros dos cartões. Os cartões de crédito também vêm com taxas de juros muito mais altas, as vezes maiores do que um empréstimo comercial ou outras linhas de financiamento e concessão de dinheiro emprestado. Embora as taxas variem, e você possa negociar taxas mais baixas, você pode esperar pagar a taxa média de 10% a 15%, o que é especialmente cara se você planeja pagar milhares de reais com móveis, utensílios e equipamentos que não poderão ser pagos por longos meses ou anos.
  • Sua pontuação de crédito. Você pode prejudicar seu nome e sua pontuação de crédito. Isso acontece principalmente se você não tiver os recursos para saldar a tempo. E tornará o gerenciamento das suas finanças pessoais ainda mais difícil (e você enfrentar todos os desafios que geralmente um novo empresário enfrenta). Se você não for capaz de pagar seus cartões de crédito no vencimento, ou se você deixar atrasar os pagamentos, além de multiplicar a dívida, ainda terá o CPF inscrito no Serasa, SPC e SCPC Boa Vista.
  • Parcelamento a longo prazo. Os cartões de crédito não têm muito espaço para o crescimento da sua empresa ou negócio a longo prazo. Você não pode continuar assumindo mais e mais cartões de crédito quando precisar comprar mais produtos, matéria prima ou itens. Nem assumir mais quando as demandas do seu negócio começam a expandir além do normal. Você com certeza precisará de algum outro sistema financeiro para acomodar esse crescimento. Vale mencionar que os pagamentos de juros deverão comer uma parcela muito grande de sua receita mensal. Por esse motivo, geralmente é melhor ter uma solução viável a longo prazo desde o início do negócio. Isso é, a menos que você planeje usar cartões de crédito apenas como uma medida temporária.

É possível usar cartão de crédito para iniciar um empresa?

Então, é possível iniciar uma empresa ou criar um negócio usando apenas cartões de crédito? A resposta técnica é sim, e muitos empreendedores o fizeram ou estão tentando fazer isto.

Usar um cartão ou mais de um para começar uma empresa não significa que irá aumentar a dívida pessoal descontroladamente ou se forma de financiamento é a escolha certa para você.

Contudo, os cartões de crédito como modo principal de financiamento são as melhores alternativas para pessoas que não gostam de outras opções de financiamento.

Em geral, pequenos empresários que estão dispostos a assumir um risco pessoal significativo, usam o cartão de crédito como meio de financiamento para avançar os negócios de suas empresas.

Para pessoas que estão abrindo startups de baixo custo que desejam fazer as coisas o mais rápido possível.

Para todos os outros empresários que não possuem dinheiro suficiente para abrir e iniciar seus negócios, os cartões de crédito são a melhor opção de emergência para complementar seus gastos inicias e financiamentos.

Quantos cartões Visa ou Mastercard deve ter?

Quantos cartões de crédito Visa ou Mastercard deve ter?
Cartões de credito Visa ou Mastercard, você pode decidir ter quantos cartões que quiser, mas você não precisa ter todos eles na carteira e gastar todos os limites…

“Visa ou Mastercard? Muitas vezes, somos rápidos em pegar nossos cartões de crédito para fazer uma compra sem considerar as implicações que um gasto acumulado e desnecessário poderá causar no futuro.”

Essas implicações com a geração de dívidas normalmente fazem com que o acúmulo de dívidas criem ainda mais encargos financeiros fazendo o portador ou titular do cartão pagar mais por um produto que originalmente deveria pagar barato.

Por outro lado, às vezes é muito mais conveniente usar um cartão de crédito em vez de pagar com dinheiro vivo. Isso recai sobre a questão colocada no título, “Quantos cartões de crédito devemos ter?”

Ter cartões Visa e Mastercard para serem governados

Hoje dia esta cada vez mais indispensável estabelecer um bom histórico de crédito e ter um score com pontuação acima da média. Ter cartões Visa ou Mastercard irão ajudar a ter maiores possibilidades de conseguir maiores limites de crédito, financiamento de carro ou casa etc.

Quando você pode provar que você paga suas contas em dia, as instituições de crédito estarão mais inclinadas a liberar limites maiores e maiores recursos financeiros ao pedir empréstimo pessoal (dinheiro emprestado). 

Obtenha quantos cartões de crédito quiser, mas você não precisa ter todos os cartões na carteira.

Normalmente quando você consegue a aprovação do seu primeiro cartão de crédito, você será inundado com ofertas atraentes para mais pedir mais cartões. É como se as empresas de cartão de crédito compartilhassem seu score de crédito alto ou às vezes baixo, seu histórico e o endereço da sua residência. 

Adivinha? Eles não tem tanto poder como alguns acreditam ter a CIA. No entanto, só porque você está recebendo convites de bancos e administradoras de cartões, não significa que você tenha que solicitar cada uma das propostas que chegam a sua casa e desbloquear os cartões enviados.

Um único cartão de crédito com um limite médio ou alto e um sólido histórico de pagamentos é tudo o que você precisa para adquirir tudo que precisa e manter seu crédito e finanças em ordem.

Planeje suas despesas com seu cartão de crédito Visa ou Mastercard

Seu orçamento familiar deve determinar quanto dinheiro você gasta em média a cada mês. O que é isso? Você não tem um orçamento pessoal ou familiar? Agora é a hora de abraçar essa ferramenta. 

Você pode achar que fazer compras regulares, pagar contas de gás, luz ou água, comida e artigos diversos podem ser comprados ou pagos com seu cartão de crédito.

Claro que pode! Mas o acúmulo desses pequenos montantes seriam fáceis de pagar no final do mês, especialmente se você tem o dinheiro suficiente para quitar a fatura no dia do vencimento.

Um exemplo: se mantém muitas pagamentos de despesas dos seus negócios, e será reembolsado pela empresa, então pode ser aconselhável ter um cartão de crédito separado somente para esses tipos de compras.

Dessa forma, será fácil relacionar em um relatório de despesas, o que gasto pessoal e o que é gasto da empresa ou do escritório. Cartões diferentes para despesas diferentes, ou seja, cada coisa no seu lugar.

Dica: Existem muitos tipos de cartões atualmente para serem adquiridos, veja abaixo:

— Cartões de crédito sem consulta do nome
— Escolha entre 15 cartões de crédito sem anuidade
— Como obter cartões de crédito para negativados
— Cartões de crédito liberado mesmo com nome sujo

Porque ter um cartão Visa ou Mastercard é uma boa ideia

Algumas pessoas pensam que deveriam ter um cartão de crédito extra “apenas para uso no caso de emergência”.

O cartão seria usado somente quando uma necessidade repentina como o conserto do carro na oficina, reformas na casa ou uma viagem de fim de semana prolongado. 

No entanto, ter um cartão sem usá-lo pode ser um problema, principalmente se for um cartão que cobra anuidade. Por outro lado, se esse tipo for da modalidade de cartão sem anuidade, pode ser uma boa ter apenas um destes guardando como complemento de crédito.

O ideal mesmo é ter um fundo de emergência através de economias separada mensalmente, mas como nem todos conseguem essa proeza, ter um cartão de emergência não me parece ser tão ruim.

Porque usar mais um cartão de crédito pode ser ruim?

Lembrando que o uso do cartão de crédito sempre gera uma dívida ao ser usado, e se, você for usar mais um cartão, é bom ter em conta o dinheiro que será cobrado na próxima fatura, e de repente, o saldo de todas as faturas pode ser maior que a sua renda.

Nunca se esqueça que toda vez que você desliza ou insere seu cartão em uma maquininha de cartão, a cobrança vai chegar, mais sedo ou mais tarde.

Lembre-se também que no momento em que você não pagar o saldo da fatura, você começará a cobrado com juros adicionais, multas e moratórias.

E se você é daqueles que não gosta de perder dinheiro, não deixe de manter os cartões de crédito sob controle.

Usar cartão de débito em vez de dinheiro

Finalmente, temos acesso a uma excelente ferramenta de compras à nossa disposição – os cartões de débito vinculados as contas bancárias. Isso permite termos a conveniência de deslizar o cartão sem o ônus de cobranças financeiras futuras. 

Usar um cartão de débito não afetará sua vida a não ser que use o limite da conta e não pague, de outra forma, seus gastos e dívidas serão pagos pagos sempre à vista.

Como os cartões de débitos atrelados aos cartões de crédito, ou seja, cartões múltiplos, pode ajudá-lo a evitar idas e vindas em caixas eletrônicos e ainda mantê-lo no controle das finanças de forma organizada.

Bom, todos podem ter quantos cartões de crédito quiser, seja Visa ou Mastercard, Dinners, Hipercard ou outros, no entanto, o aconselhável ter o número de cartões que não comprometa ou faça você gastar mais do que pode pagar com seus rendimentos mensais e evitar deixar qualquer conta ou fatura para trás.

Sem de anuidade – Confira todos os cartões

Taxa de anuidade dos cartões de crédito explicada
Dica: consiga cartões sem taxa de anuidade ou procure por cartões de crédito que cobram uma taxa anual mas que as renunciam no primeiro ano…

“A taxa de anuidade ou taxa anual são uma das tarifas que a maioria dos cartões de crédito mais comuns ao mais exclusivos cobram de seus clientes e portadores.”

Essa é uma taxa cobrada feita automaticamente uma vez por ano, ou parcelada em até 12 vezes direto na fatura do cartão de crédito para poder usá-lo e também por alguns benefícios e conveniências incluídos nos serviços.

Como funciona a Taxa de anuidade dos cartões?

As taxas de anuidade dos cartões, quando são cobradas, podem variar de R$ 80 a R$ 500, dependendo do tipo de cartão de crédito. Geralmente, quanto maior a taxa de anuidade, mais benefícios e exclusividade o cartão oferece ao seu dono.

Cartões que normalmente têm uma taxa anual? Nem todos os cartões de crédito têm uma taxa anual. Cartões que geralmente têm uma taxa anual incluem cartões de crédito de recompensa, cartões de crédito premium e cartões de crédito convencionais.

A taxa anual aumenta o custo de ter um cartão de crédito. Se você pagar uma taxa anual, verifique se o benefício que está recebendo do seu cartão de crédito excede esse custo.

Por exemplo, se o cartão de crédito das recompensas tiver uma taxa anual, as recompensas que você ganhar deverão exceder a taxa anual. Caso contrário, ter o cartão não é tão benéfico

Leia também esses assuntos relacionados:

Como é cobrado a anuidade em cartões de crédito?

Em geral a cobrança da tarifa é feito de duas formas:

  • A taxa anual (anuidade do cartão) pode ter uma única cobrança à vista na próxima fatura do cartão de crédito, geralmente no aniversário do cartão ou no início do ano.
  • A taxa anual (anuidade do cartão) pode ser dividida em até 12 pagamentos mensais.

Em geral, as administradoras e operadores de cartões cobram a taxa de anuidade todos os anos enquanto o cliente fizer uso do cartão.

Como evitar a cobrança de anuidade?

Muitos cartões de crédito que cobram uma taxa anual a renunciam no primeiro ano.

Mas após o primeiro ano, a taxa será cobrada automaticamente na fatura do seu cartão, de acordo com sua escolha de pagamento. Se, após o primeiro ano, você decidir que a taxa anual não vale a pena ser paga, negocie, se não der certo, cancele o cartão.

Antes de tomar essa decisão, avalie o impacto no seu orçamento e resgate quaisquer recompensas acumuladas. O mais comum é mudar para outro cartão de crédito ou com o mesmo emissor, mas para aqueles que não tem a taxa anual.

Não comum este tipo de procedimento, fazer o fazer downgrade de uma cartão, mesmo porque isto poderá fazer o portador perder alguns benefícios, vantagens especiais e perder algumas recompensas com às mesmas ofertas.

Isso é se o cartão que você fez o downgrade oferecer as mesmas recompensas, o que é muito difícil. No entanto, mudar para um cartão inferior você consegue até evitar o pagamento da taxa de anuidade, o que para a maioria poderia ser melhor a longo prazo.

Ao cancelar um cartão de crédito, certifique-se de resgatar seus bônus e prêmios antes de fazer qualquer alteração afim de evitar perdê-los.

Existem muitos cartões de crédito permitem que você os use integralmente mas não tem a taxa de anuidade cobrada a cada ano. Pesquise na Internet quais os cartões sem anuidade disponíveis ou entre em contato com os emissores dos seus cartões de crédito para saber se eles o isentam ou enviam outro dentro dessa especificação – sem anuidade!

Alteração no valor da taxa de anuidade do cartão

Se o emissor do seu cartão de crédito decidir aumentar o valor da nova taxa de anuidade, eles são obrigados a notificá-lo com pelo menos 30 dias de antecedência sobre o novo valor da taxa antes de efetivá-la.

Você tem a opção de rejeitar o valor da nova taxa de anuidade cobrada no cartão.

No entanto, você terá que cancelar o seu cartão de crédito caso não haja acordo com sua administradora para retirar a cobrança ou reduzir o valor.

Você deve pedir um cartão de crédito com taxa de anuidade?

Pagar taxa de anuidade não é necessariamente uma coisa ruim, às vezes é apenas uma parte do processo necessário para ter o cartão de crédito que você deseja com os benefícios e vantagens que você se importa.

Mas, certifique-se de que os benefícios do cartão valham mesmo a pena pagar a taxa.

Cartão/Bandeira Taxa Anual
Agibank Mastercard Next Visa
BB Ourocard sem Anuidade Nubank Mastercard
BMG Mastercard Original Mastercard
Citi Mastercard Petrobras Visa
Credicard Zero Mastercard Porto Seguro Visa
Digio Visa Santander Free Mastercard/Visa
Hipercard Saraiva Visa
Inter Mastercard Cartão BanriCompras
Meu Pag Mastercard Cartão iPlace

Confira: lista completa de cartões sem anuidade

Compare seu atual cartão com os demais cartões de crédito semelhantes de outros emissores para confirmar que você vai fazer um bom negócio.

Se você não quiser ficar sem determinadas vantagens, limites mais altos e benefícios que o seu cartão antigo oferece, convém cumprir todos os requisitos necessários e pedir para baixarem as taxas e tarifas, se não der certo, procure por cartões de crédito que oferecem as mesmas ou vantagens parecidas e faça a troca.