GranaSmart » Empréstimo » Empréstimo para trabalhador informal

Empréstimo para trabalhador informal e conta própria

Para solicitar um empréstimo para autônomo sendo formal ou informal, basta fazer uma simulação, verificar as condições e fazer o pedido. Sem burocracia. Entenda como!

empréstimo para trabalhador informal ou autônomo

Você sabia que não é preciso ter vínculo empregatício para conseguir um empréstimo pessoal em bancos ou financeira? Tem várias opções!

“Quando você é trabalhador autônomo ou informal, obter um empréstimo pessoal pode ser um estresse extra. Nós podemos ajudar a guiá-lo ao seu empréstimo ideal independente da sua vida profissional.”

Nesses tempos toda cautela financeira é pouca. No entanto os bancos estão cada vez mais dispostos em emprestar dinheiro para alguém sem um sólido histórico financeiro, tanto que no último semestre as maiores instituições faturaram mais de 46 bilhões de reais.

Independente que quanto ganharam, que tem restrições ou está negativado tem diversas opções de crédito para escolher fazer e ficar com dinheiro no bolso.

— Trabalhadores informais, freelances, trabalhador por conta própria são especialmente conhecidos como autônomos.

E, à medida que o número de profissionais autônomos aumentam, os credores percebendo que há um mercado em expansão que precisa ser atendido, estão com a mão na massa. Por conta disto, embora possa ser um pouco mais difícil conseguir um empréstimo pessoal sendo informal, isso tem se tornado mais facilitado e flexibilizado por parte das instituições.

Se você é autônomo, trabalha por sua própria conta, nosso “Guia completo sobre empréstimo para autônomos e informais” vai ser útil:

  • Para entender mais sobre todas as opções de crédito?
  • Como solicitar um empréstimo pessoal com vantagens e boas condições?
  • Quais documentos informais provavelmente precisam para iniciar a solicitação?
  • Que comprovantes será preciso para demostrar renda mensal ou anual?

Mas primeiro vamos saber o que é e como funciona…

O que é empréstimo para informal no Brasil?

Não existe muita distinção entre empréstimo para formal ou informal, além do fato que um trabalhador informal não possui registro em carteira ou um contrato de trabalho que o tire dessa informalidade.

Normalmente os credores eventuais e tradicionais pedem comprovante de renda como: contra-cheques, holerites, comprovante de salário ou detalhamento do benefício no momento de uma solicitação de empréstimo, em grande parte das instituições — esse é procedimento padrão.

O trabalhador autônomo, seja ele formalizado ou informal, ele também consegue por meio do extrato bancário, IRPF ou Decore comprovar renda para solicitar a quantia que desejar.

Informações gerais: “Trabalhador informal ou autônomo é todo cidadão(ã) que exerce uma ou mais atividades de forma profissional porém por conta própria, ou seja, sem possuir vínculo como empregado com empresas, órgãos públicos, organizações ou outras pessoas.

No Brasil, temos cerca de 22,9 milhões de pessoas trabalhando na informalidade, muitos se aventuraram em ter seu próprio negócio, outros saíram ou perderam o emprego com carteira assinada e agora trabalham como freelancers ou fazem os famosos bicos para conseguirem uma renda extra.

Para um informal, a melhor maneira de ajustar a sua imagem de crédito junto as instituições bancárias e financeiras é regularizando sua atividade informal ao se inscrever como MEI, que é um programa de formalização para microempreendedor individual.

Como posso obter um empréstimo para informal se sou autônomo?

Se você trabalha por conta própria e procura um empréstimo pessoal sendo informal, pode se sentir intimidado pelos requisitos de qualificação muitas vezes exigido pelas instituições de crédito.

Por outro lado, se você tem como comprovar renda, seja na forma de declarações de impostos de renda, decores ou movimentação em contas e extratos bancários — não haverá problema.

Também é possível obter a aprovação rápida com alguns credores online, o processo para aprovar a solicitação em sites e aplicativos, não passa de 10 minutos, a liberação do dinheiro em até 24 horas. É óbvio que você aumenta muito suas chances de ser bem sucedido se souber quais são suas melhores opções.

empréstimo para trabalhador informal por conta própria

Fique feliz em saber que existe diversas modalidades e categorias de crédito para conceder o empréstimo que um autônomo que trabalha informalmente precisa! São dezenas de instituições financeiras convencionais e mais dezenas de empresas e credores alternativos.

Emprestar para indivíduos informais é fácil, desde que o solicitante atenda às exigências de elegibilidade e possa apresentar toda documentação necessária.

Há também tipos alternativos de crédito que podem atender às necessidades de pessoas com trabalho independente, como um empréstimo bancário, um empréstimo para negativadocom restrição ou sem burocracias e certos tipos de cartões de crédito são facilmente liberados.

Quanto custa a mais de juros por ser autônomo e informal?

Não necessariamente as taxas de juros serão mais altas porque o solicitante é autônomo — especialmente se o mesmo atender aos critérios que um credor aplica para aprovar ou recusar os pedidos. Normalmente, se todas as informações estiverem consistentes e não houver comprometimento da renda — tudo será feito adequadamente!

— Lembre-se de que, como a concorrência está crescendo, sendo um candidato ao empréstimo para autônomo, você pode encontrar modalidades que não são tão mais caras do que um crédito pessoal padrão em bancos.

Só não se esqueça de comparar todas as opções disponíveis para você. Veja quais os termos e condições são aplicáveis ​​a modalidade de crédito escolhida antes de se cadastrar com uma empresa, banco ou credor específico.

— Vale mencionar que credores que realizam o empréstimo sem consultar ao SPC, os juros em geral são bem maiores que bancos convencionais

Para facilitar um pouco as coisas, compare as linhas de crédito oferecidas no Brasil. Veja qual delas se adequa mais com seu perfil financeiro, acesse o site do Banco Central para saber mais sobre taxas de juros e quanto isso pode te custar.

Existem alternativas para autônomos?

Em suma, sim, no entanto, cada emprestador tem suas próprias políticas de crédito e termos para concessão.

Se for ou não uma escolha inteligente, isto dependerá exclusivamente de suas circunstâncias, necessidades financeiras e do credor que realizar a operação para concessão do crédito em dinheiro.

1. Empréstimo com garantia

Com o empréstimo com garantia, um bem será dado como garantidor da operação (normalmente uma casa ou um veículo). O bem (em geral uma propriedade) fica como garantia, e se houver problemas, ou seja, no caso de inadimplência nos pagamentos, o banco ou financeira toma as devidas providências para receber o dinheiro emprestado.

2. Limite de cheque especial

cheque especial é limite de crédito usado como empréstimo durante alguns dias ou o mês todo liberado pelo banco onde se tem conta. Essa modalidade é muitos usada por ser de obtenção fácil, rápida e prática.

Para autônomos o cheque especial pode ser interessante, o problema é que os juros são altos na maioria da bancos, em cooperativas as taxas são menores.

3. Empréstimo pessoal pessoa física

O “empréstimo pessoal para pessoa física” é uma das mais fáceis de solicitar tanto, em bancos quanto em sites e aplicativos online. Basta ir ao seu banco, em uma loja de financeira portando os documentos básicos e comprovante de renda, que está tudo certo.

— Como o próprio nome já diz, o crédito é destinado à pessoas e não a empresas.

Com já dito antes, o empréstimo pessoal normalmente é concedido por instituições financeiras e não necessariamente por bancos, as financeiras, cooperativas, plataformas de crédito e credores independentes também liberam dinheiro através de crédito pessoal e financiamentos.

No empréstimo pessoal online, a rapidez da aprovação e da liberação do dinheiro na conta são fora do comum, em menos de 5 minutos é aprovado e o dinheiro é liberado no mesmo dia. Mas, nem todos os credores possuem essa expertise.

4. Microcrédito para autônomos

O microcrédito é uma modalidade de empréstimo pessoal especial, ele atende aos micros e pequenos empreendedores que precisam de dinheiro para implementar, manter ou iniciar um negócio.

Quando se fala em empréstimo para autônomo, o microcrédito é o que mais faz sentido no quesito oportunidades pois a dívida pode ser reembolsada com o próprio lucro do dinheiro emprestado. Existem muitas opções mas pegamos uma para você conhecer:

Microcrédito Produtivo Orientado: essa linha de crédito esta disponível no Banco do Brasil, serve para atender as necessidades financeiras de pessoas físicas e também jurídicas que empreendem em atividades de micro e pequenas empresas.

5. Empréstimo com restrição

Para autônomos com nome negativado, com restrição no CPF junto ao Serasa, SPC e outros, e não pode oferecer nenhuma garantia de pagamento, a alternativa que o mercado de crédito oferece é justamente os empréstimos que não fazem a consulta de crédito. Mas nesses casos as taxas são mais elevadas que o empréstimo bancário.

empréstimo para autônomo sem comprovação de renda

No empréstimo com restrição, normalmente os credores que trabalham nesse segmento, liberam quantias em dinheiro para uso da forma como quiser, os prazos são até 12 vezes, os valores liberados começa em R$ 200,00 e vai até R$ 3.500, algumas até R$ 5.000, com taxas a partir de 11%.

6. Empréstimo para autônomo sem comprovação de renda

Nem todos os bancos possuem linhas de crédito especialmente projetadas para trabalhadores informais, no entanto, alguma modalidades não exigem que o autônomo ou informal comprove renda para ter a quantia aprovada, entre eles:

Penhor: nesse caso é a linha mais popular sem comprovação de renda, está disponível na Caixa Econômica. O avaliador é quem determina o valor do objeto, joia etc., apresentado para a penhora. Em geral, o profissional informal sai com até 85% em dinheiro do valor estimado, na mão ou no bolso — tanto faz! O importante é conseguir o dinheiro.

Construcard: também é uma linha de crédito da Caixa, é liberado para compra de materiais de construção. Verifique na agência mais próxima qual a condição para esse tipo de empréstimo para trabalhadores informais e autônomos formalizados.

Caixa Fácil: o nome já diz tudo, é uma linha de empréstimo sem comprovação de renda direcionada para compra de bens duráveis como eletrodomésticos, computadores, móveis etc.

Qual documentação que um autônomo precisa?

Ser candidato autônomo para um empréstimo geralmente precisará de alguns documentos e comprovações, entre eles incluem:

  • Apresentação de documentos. RG, CPF, CNH são os documentos básicos aceitos em uma solicitação, devem estar no prazo de validade e regulares.
  • Declarações fiscais. Você deve ser capaz de enviar declarações de impostos de renda pelo menos nos últimos dois anos, para ajudar a comprovar a renda declarada.
  • Confirmação de endereços de 1 ano. Isso não é empecilho, mas é aceitável na forma de contas de serviços públicos, contratos de aluguel etc.
  • Extratos bancários e acesso a conta. Estes são solicitados para que o credor tenha uma imagem clara da sua posição financeira, renda regular e despesas.
  • Prova de qualquer renda. Você deve apresentar se precisar de quaisquer comprovantes legais como um, IRPF ou DECORE, feito por Contador credenciado.
  • Informações da empresa / negócios. Para quem tem status de empreendedor, MEI, se exigido, apresentar o que for solicitado.

Dúvidas?

1. Quanto posso solicitar?

O valor solicitado pode ser o que você quiser, mas isso dependerá de vários fatores, incluindo a avaliação de elegibilidade, tipo de empréstimo e políticas de crédito do emprestador. A quantia e o prazo liberado normalmente atende aos requisitos de qualificação e elegibilidade e a modalidade escolhida.

Mais um detalhe, como você pretende usar o dinheiro também é um outro fator levado em conta. Portanto o valor que um autônomo pode solicitar vai depender da sua renda (grau de comprometimento com dívidas) e da sua situação cadastral junto aos protetores de crédito — são muitos fatores considerados.

2. Há algo que eu deva evitar ao fazer uma solicitação de empréstimo?

Certifique-se de que você sabe para que o dinheiro será realmente usado e não caia na armadilha de assumir dívida que não poderá pagar. Leia “sem dívidas, sem empréstimos

Peça somente a quantia que você sabe que pode pagar e, por mais tentadora que seja a oferta com uma taxa de juros justa ou um acordo diferenciado para concessão, antes de aceitar, veja se pode arcar com os pagamentos todos os meses.

Não minta sobre quanto você ganha e quanto você quer emprestado.

3. Há alguma dica extra que possa ajudar um autônomo ser aprovado?

Entenda como funciona o empréstimo que você quer tomar e, certifique-se de verificar quais os critérios para aprovação. Forneça toda e qualquer documentação solicitada no momento do pedido.

Você também pode considerar pedir um favor a um parente, amigo ou parente para atuar como fiador de empréstimo. E, finalmente, se você está em um negócio com um sócio, você pode fazer o pedido de empréstimo em conjunto, sendo ambos igualmente responsáveis ​​por reembolsar o dinheiro solicitado.

Empréstimo para trabalhador informal
Média 4.7118 votos

No GranaSmart, aderimos aos rigorosos padrões de integridade editorial para ajudá-los a tomar decisões com segurança. Alguns dos produtos que apresentamos são de nossos parceiros. Entenda como ganhamos dinheiro.

Dê a sua opinião!

3 0